Serviços

Para estruturas de concreto.

Dosagem Racional do Concreto

Divisão adequada e mais econômica dos materiais: cimento, água, agregados, adições e aditivos durante a fabricação do concreto.

Ensaio para Agregados

Classificação do agregado identificando sua origem, tipo, densidade e tamanho para produção do concreto.

Controle Tecnológico de Concreto

Monitoramento da resistência à tração, módulo de elasticidade, absorção, consistência, exsudação, tempo de pega e aditivos.

Ensaio de Modulo de Elasticidade

Verifica a tensão máxima que o concreto suporta sem sofrer uma deformação irreversível, causando o rompimento da estrutura.

Extração e Rompimento do Testemunho

O testemunho (amostra) é recolhido, armazenado e depois rompido e uma determinada data para obtenção da sua resistência.

Ensaio de Esclerometria

Mede a resistência aproximada de compressão superficial do concreto. Quanto mais alta, menor será deformação do concreto.

Para setor industrial.

Dosagem Racional do Concreto

Divisão adequada e mais econômica dos materiais: cimento, água, agregados, adições e aditivos na fabricação do concreto.

Ensaio para agregados

Tem como função descobrir a classificação do agregado, bem como a identificação da sua origem, tipo, densidade e tamanho.

Rompimento de Provas

Corpo de prova é submetido a um carregamento até a ruptura. O valor da força exercida no momento da ruptura indica a resistência máxima que o concreto suporta.

Dosagem Racional para Artefatos

Divisão adequada e mais econômica de materiais para produção artefatos (blocos de concreto, telhas e pavers).

Controle Tecnológico de Intertravados

Monitoramento da resistência à compressão, abrasão, absorção, retração e intempéries.

Controle Tecnológico de Concreto

Monitoramento da resistência à tração, módulo de elasticidade, absorção, consistência, exsudação, tempo de pega e aditivos.

Ensaio de Esclerometria

Mede a resistência aproximada de compressão superficial do concreto. Quanto mais alto, menor será deformação do concreto.

Ensaio de Tração na Flexão

Corpo de prova de seção prismática é submetido à flexão, com carregamentos em duas seções simétricas, até à ruptura.

Extração e Rompimento de Testemunhos

O testemunho (amostra) é recolhido, armazenado e depois rompido em uma determinada data para obtenção da sua resistência.

Para alvenaria estrutural.

Dosagem Racional de Concreto

Divisão adequada e mais econômica dos materiais: cimento, água, agregados, adições e aditivos na fabricação do concreto.

Ensaio de Agregados

Tem como função descobrir a classificação do agregado, bem como a identificação da sua origem, tipo, densidade e tamanho.

Controle Tecnológico de Concreto

Monitoramento da resistência à tração, módulo de elasticidade, absorção, consistência, exsudação, tempo de pega e aditivos.

Controle Tecnológico de Bloco Estrutural

Ao receber a alvenaria na obra deve-se checar a umidade, retração, absorção, aparência e resistência.

Controle Tecnológico de Prisma

Verificar o comportamento mecânico dos corpos de prova em prisma com diferentes tipos de blocos estruturais quando submetidos à compressão.

Controle de Argamassa Estrutural

Monitora a aderência, resistência à compressão, absorção de água, porosidade, assentamento entre outros fatores.

Para a sua casa.

Dosagem Racional de Concreto

Divisão adequada e mais econômica dos materiais: cimento, água, agregados, adições e aditivos na fabricação do concreto.

.

Dosagem de Argamassa

Controle laboratorial de materiais como cimento, água, agregados, adições, aditivos, veda-juntas, polímeros, aços entre outros.

Rompimento de Tijolos de Vedação

Para o dimensionamento leva-se em consideração o rendimento, dimensões dos revestimentos, traço, adições e outros.

Controle Tecnológico de Materiais

O ensaio de rompimento de tijolos de vedação tem como objetivo determinar a resistência à compressão dos blocos cerâmicos.